LogoColors

Os 5 Pilares da Transformação Digital

Os 5 Pilares da Transformação Digital são os domínios estratégicos que podem variar conforme o autor e a metodologia escolhida. De forma geral, adotaremos neste artigo as áreas de Dados, Competição, Clientes, Inovação e Valor como os pilares mais importantes para fins didáticos. No entanto, há outros autores e metodologias que apontam outros termos como pilares da Transformação Digital.

Citamos abaixo outros exemplos de abordagens:

  • Potencial Humano, Cultura e Tecnologia.
  • Jornada do cliente, Organização, Análise de Dados, Estratégia de inovação, Automação de Processos.
  • Cultura Digital, Ativos Digitais, Experiência do Cliente.
  • Pessoas & Skills, Clientes, Processos, Organização Tecnologia.

 

Nossas soluções para Transformação Digital

 

Nossa abordagem na Go Digital Factory foi feita baseada em nossa metodologia própria , mas os 5 pilares que veremos a seguir permeiam toda nossa consultoria. Desenhamos esta abordagem para observar mais claramente a maturidade digital das empresas. Logo, podemos apresentar as ações necessárias para uma jornada de Transformação Digital.

 

 

Independentemente da abordagem escolhida, a visão holística do negócio deve considerar toda a empresa como um ecossistema ativo, participando todos os colaboradores e permitindo flexibilidade nas tomadas de decisão neste mundo instável e imprevisível. Também é importante colocar que hoje esses são os 5 pilares da Transformação Digital, mas estes estão sempre em mutação, de maneira que devemos também adaptar e reavaliar nossa visão sobre eles.

 

O que é a Transformação Digital

Antes de introduzirmos os pilares da Transformação Digital, vamos falar um pouco sobre o que é a Transformação Digital. Conforme já falamos, Transformação Digital não é uma linha de chegada para as empresas. Na verdade, ela é um processo constante de atenção, atualização e agilidade na tomada de decisões. Isto significa que qualquer processo de Transformação Digital passa diretamente pelo o que chamamos de Mindset Digital. Ou seja, a Transformação Digital está muito mais ligada às pessoas do que à tecnologia.

Esta Transformação Digital foi acelerada nos últimos anos o que gerou uma corrida de diretores e CEOs para de alguma forma melhorarem seus processos e prepararem melhor suas equipes para iniciativas de Transformação Digital. A maioria destas iniciativas fracassou por causa de fatores bem objetivos:

Os 5 Pilares da Transformação Digital

 

  • Não houve definição de objetivos concretos;
  • Investimento prematuro em tecnologias sem definição dos problemas;
  • Pouca ou nenhuma integração de equipes;
  • Inovação verticalizada – ou, setorizada;
  • Falta de empatia com o cliente em sua jornada.

 

 

Há muitos outros exemplos que podem demonstrar um pouco o porquê de quase 900 bilhões de dólares terem sido jogados fora em iniciativas frustradas de Transformação Digital. Isto explica-se ainda pela resistência na mudança, uma quebra de paradigma no modelo de negócios vigente, o que impede a profunda transformação dos negócios na era digital.

As empresas ainda possuem a mesma visão dos negócios vigente há décadas e entendem as empresas nativas digitais como as verdadeiras donas do jogo. No entanto, é possível empresas entrantes no mundo digital poderem competir em pé de igualdade com quem já nasceu com um pé no digital – o caso da Enciclopédia Britannica é a prova disso. Boa parte da atuação conservadora das empresas está ligada a um famoso modelo de análise conhecido como o Modelo das 5 Forças de Porter.

 

Analisando e entendendo o modelo das 5 forças de Porter

Michael Porter é um dos mais célebres professores da Business School na prestigiada Universidade de Harvard. Seu modelo das 5 forças ganhou enorme popularidade e moldou de maneira significativa a visão que possuímos dos negócios até hoje. No entanto, seu modelo das 5 forças precisou ser revisitado para atender a nova Era Digital que reescreveu as regras do jogo que pensávamos conhecer.

No modelo das 5 forças, o poder entre as trocas nos conceitos  escritos dentro dos balões verdes que definiam o fracasso ou o sucesso de um negócio. Abaixo, disponibilizamos o desenho e vamos abordar objetivamente cada conceito para preparar o terreno dos pilares da Transformação Digital.

 

Os 5 Pilares da Transformação Digital

 

 

Poder de Barganha dos Fornecedores

Quanto mais fornecedores, mais opções alternativas estão disponíveis. Por isso, há sempre uma grande tensão nos preços definidos entre as empresas e os fornecedores.

A mudança drástica na Era Digital é que hoje, o principal recurso para qualquer produto e serviço são as pessoas. Os talentos digitais são a mão-de-obra fundamental para as empresas que precisam reter esses profissionais e fidelizá-los.

 

Ameaça de Novos Entrantes

Cada setor de negócio funciona como um clube fechado que para se ter acesso é preciso superar obstáculos ou, simplesmente, o que chamamos de barreiras de entrada de um mercado. Estas barreiras serão mais altas ou mais baixas conforme o mercado que se queira entrar.

Na Era Digital, as tecnologias acabaram por terra com as dificuldades de acesso a estes “clubes fechados”. Exemplo disto são as startups que competem ombro a ombro com grandes empresas já bem estabelecidas e a enorme quantidade de informação que os clientes passam a ter para consumirem da empresas que bem entenderem.  Ninguém mais é refém das grandes empresas e corporações.

 

Rivalidade entre concorrentes

O pensamento anterior concordava que a concorrência é o mal a ser combatido para ganhar terreno e engolir os rivais. No entanto, com a Era Digital, é possível coopetir com seus concorrentes, dado o grande número de informações disponíveis na internet e dados interessantes que podem ajudar mutuamente os negócios.

As próprias redes sociais apresentam inúmeros insights a partir dos comentários dos clientes e consumidores. Um bom exemplo deste compartilhamento de informações foi a produção de vacinas entre as maiores farmacêuticas do mundo durante a pandemia de covid.

 

Ameaça de Produtos Substitutos

As empresas precisavam sempre estar atentos a novos produtores inovadores entrando no mercado e forçando a adaptação dos seus próprios. Hoje, a preocupação são setores em disrupção. Um bom exemplo disto é a conhecida história da Blockbuster com o advento da Netflix: mais do que o fim do aluguel de fitas de vídeo, o streaming de filmes mudou completamente a lógica do setor de audiovisual. Para irmos um pouco mais longe e atualizar o debate, podemos citar a quantidade de grandes filmes que foram lançados diretamente em plataformas digitais por causa do lockdown da pandemia.

 

Poder de Barganha dos Clientes

Clientes querem qualidade e preço baixo. Assim eram as regras antes da era digital. Agora, os clientes estão muito mais empoderados do que no passado. Isto porque as redes sociais e a internet de forma geral oferecem canais diretos com as empresas, além de muita informação sobre produtos. Esse poder todo oferecido aos clientes os deu confiança para realizar experimentações e não se manterem tanto fiéis às marcas.

Agora que entendemos como era a visão dos negócios e o que mudou após o advento de um mudo mais conectado e descentralizado, vamos abordar cada pilar da Transformação Digital.

 

Os 5 Pilares da Transformação Digital

 

Os 5 Pilares da Transformação Digital

A Era Digital permitiu novos tipos de negócios, novas formas de receita e novas fontes de vantagem competitiva jamais antes vistas. Hoje, é mais barato e mais rápido inovar, além de um mundo totalmente centrado na jornada do cliente que está mais empoderado e quer cada vez mais estar conectados com as marcas.

 

Os Pilares da Transformação Digital clientes

Clientes na Transformação Digital

As redes sociais entregaram um poder inesperado aos clientes – e  eles sabem disso. A quantidade de informações e avaliações de produtos e serviços presentes na rede podem levantar ou derrubar um negócio. Clientes hoje não são apenas compradores, mas verdadeiras fontes de informação e inovação para marcas e manterem relevantes no mercado.

A discussão acerca da importância de um design centrado no cliente está mudando até mesmo os conhecidos protocolos da internet. Hoje, caminhamos para o conceito de Web 3.0 com maior privacidade de dados, descentralização das Big Techs e respeito à atenção do cliente. O pilar de Clientes é extremamente relevante para criar estratégias que entreguem valor, gerem insights e compartilhem uma boa rede de contatos.

 

 

Competição na Transformação Digital

Como já vimos no modelo das 5 forças de Porter, a competição mudou drasticamente na Era Digital. Nos dias de hoje, é possível que o seu maior competidor não pertença sequer ao mesmo mercado que você. A exemplo disso, foi como aconteceu com a Microsoft (empresa de software) oferecendo Enciclopédias em cd-roms face a secular Britannica. Empresas concorrem na entrega de valor aos clientes.

Além disso, com a pulverização de informações e a difusão de processos, um competidor tradicional pode ser um aliado em determinado área do seu negócio. As fronteiras estão cada vez menos visíveis e a desintermediação digital está mudando drasticamente as cadeias de produção e as relações de competição.

 

 

Dados na Transformação Digital

Os dados sempre existiram no mundo dos negócios. Dos livros de registro às planilhas de excel, os dados entregam estratégias importantes que fazem a diferença no sucesso das empresas. A partir dos dados podemos destacar tendências, padrões e até mesmo realizar previsões.

As redes sociais potencializaram a quantidade de dados gerados a cada segundo com imagens, textos, geolocalização, etc. As tecnologias como a Inteligência Artificial e o Machine Learning chegam para facilitar esta tarefa, tornando as empresas cada vez mais data-driven.

As empresas precisam estar mais atentas às suas estratégias de dados e, principalmente, definirem quais perguntas e quais problemas elas precisam sanar no negócio antes de se jogarem Big Data. Ou seja, o maior desafio é converter essa enorme quantidade de dados em informações que façam diferença na estratégia do negócio.

 

Valor na Transformação Digital

Se antes era fácil definir o valor entregue aos clientes, já não se pode mais pensar o mesmo na Era Digital. O valor das empresas era algo bem definido e servia como norte para todas as ações estratégicas, operações, lançamentos, marketing. Neste sentido, o valor podia estar ligado à melhor proposta como preço, marca, posicionamento, etc.

Atualmente, o valor daquilo que os clientes querem pode mudar rapidamente e os concorrentes estão o tempo todo pensando e experimentando novas oportunidades que possam cair nas graças dos clientes. É imperativo estar sempre em busca da próxima fonte de valor.

 

Inovação na Transformação Digital

Inovar costumava ser caro e dispendioso. Grandes empresas acreditavam que uma sala com uma plaquinha na porta escrito “Inovação” já a colocavam em algum lugar diferenciado. No entanto, as novas metodologias ágeis e os próprios processos inerentes às startups trouxeram muitas novidades no campo da inovação.

Com a Era Digital, inovar está mais barato e mais interessante: protótipos podem ser desenvolvidos a baixos custos e a testagem rápida já permite o lançamento de MVPs que ofereçam um visão da melhor da recepção do mercado. Além do mais,  a inovação permite e estimula o aprendizado contínuo sobre todos os processos da empresa. A Transformação Digital necessita do mindset de inovação das empresas para seguir prosperando.

 

Conclusão sobre os 5 Pilares da Transformação Digital

Uma estratégia assentada nos cinco pilares da Transformação Digital permitem um ambiente próspero, saudável e perene para as empresas se manterem relevantes no cenário global de incertezas e mudanças aceleradas.

Ana Wadovski

Web3, Metaverso, Inovação e Transformação Digital

Jornalista brasileira vivendo em Lisboa, especialista em Digital Business, com foco em Transformação Digital e Futurismo. Tecnologia, para mim, é palavra feminina. Quero estar dentro dos debates sobre o impacto da tecnologia na vida das pessoas e das empresas, contribuindo para desenhar um futuro melhor para todos.

Postagens relacionadas

Assine nossa Newsletter

Receba toda semana as notícias mais interessantes sobre Inovação, Transformação Digital e Futurismo, cuidadosamente selecionadas por nós.

Toda segunda-feira às 6h de la matina.