LogoColors

Onde os NFTs ficam armazenados

No mundo crypto e da Blockchain, ainda há dúvidas sobre onde os NFTs ficam armazenados: on-chain, off-chain, armazenamento descentralizado – e, nem todo armazenamento é igual. Então onde os NFTs ficam armazenados depois que os mintamos?

Os NFTs, em último caso e com uma visão superficial, são mídia digitais. E, como qualquer outra mídia, os NFTs são dados. Desta forma, qualquer coisa que seja associada à um NFT – a partir do smart contract que vive numa URL e é visível como uma imagem em si – está armazenado em um computador. Nem todos os tipos de armazenando de NFTs são iguais. Alguns donos de NFTs podem possuir algo que seja simplesmente uma URL ou até mesmo um ID Token. Como tal, é importante saber onde os NFTs ficam armazenados antes de comprar ou criar um NFT. Mas antes de entendermos onde os NFTs podem ser armazenados, vamos entender alguns conceitos por trás.

 

Onde os NFTs ficam armazenados Go Digital Factory web3

 

Glossário de armazenamento de NFTs

Servidores

Um servidor é um computador. No entanto, diferentemente do computador pessoal que usamos no nosso dia a dia, os servidores são altamente potentes e podem rodar diferentes tipos de programa ao mesmo tempo. Em sua origem, os NFTs vivem e são armazenados em servidores.

 

Glossário de armazenamento de NFTs

 

Hospedagem

A maior parte das pessoas não rodam seus próprios servidores, isso significa que o que usamos é, na verdade, um servidor terceiro que oferece este serviço. A hospedagem é uma coleção de serviços que incluem, por exemplo, o armazenamento em si. Todos os NFTs criados estão hospedados em algum local.

 

Metadado

Metadado é um dado que descreve outro dado. O metadado auxilia os servidores a encontraram, processarem e armazenarem os dados de forma eficiente. O metadado de um NFT descreve as suas características como nome, cor, tamanho, formato , entre outros atributos do próprio NFT (roupa, chapéu, detalhes estéticos).

 

Hash

O hash é uma função criptográfica que sempre que recebe um input, produz um output. Um hash é normalmente utilizado para codificar informações verificáveis. Um NFT e todo seu metadado podem armazenados em um único hash.

 

Smart Contract

Os smart contracts são programas que rodam na Blockchain. Eles constroem os blocks das Dapps (aplicativos descentralizados), incluindo os NFTs. As regras para mintar e fazer trocas de NFTs existem em um smart contract.

 

Armazenamento de NFTs On-Chain e Off-Chain

Armazenar um NFT on-chain significa que todo o NFT – a imagem em si e seu metadado – estão na blockchain. Quando o NFT é off-chain significa que uma parte dele está armazenado fora da blockchain. O armazenamento on-chain permite que o usuário possa verificar todos os atributos daquele NFT. No entanto, há poucos projetos de NFTs usam esse método de armazenamento.

O projeto Autoglyphs é um desses exemplos de NFTs on-chain. O motivo é simples: imagens JPEGs possuem muitos dados – muitos mesmo!, especialmente aquelas que estão dentro de grandes coleções. Por isso, a maior parte dos projetos de NFTs escolhem o armazenamento off-chain. Dos projetos de NFTs off-chain conhecidos podemos citar os CryptoPunks e o próprio Bored Ape Yatch Club.

 

Hospedagem centralizada e descentralizada de NFTs onde ficam os NFTs

Nos usos de armazenamento off-chain, os smart contracts dos NFTs contém as informações do local off-chain onde os JPEGs dos NFTs estão armazenados. Geralmente, a imagem e o metadado do NFT estão armazenados no hash e esse hash indica se provedor de hospedagem é centralizado ou descentralizado. As Big Techs como Amazon e Google são exemplos de hospedagens centralizados. Os provedores de hospedagem são os que rodam os servidores que armazenam as camadas 1 e 0 que constituem o NFT.

O problema com os servidores de hospedagem centralizada é que eles podem ser desligados a qualquer momento, o que significa que o proprietário do NFT perderia toda sua informação. A única coisa que ainda existiria para esse proprietário seria o hash presente no smart contract.
Por essa razão, projetos de NFTs estão buscando opções hospedagens descentralizadas. A solução mais comum encontrada para armazenar os dados do NFT  tem sido o InterPlanetary File System (IPFS). IPFS é uma rede distribuída peer-to-peer em que os arquivos armazenados são distribuídos por uma malha de vários nós (nodes). Assim, o IFPS é mais confiável caso algum nó apresente falha ou o servidor tenha algum problema. Tecnicamente, NFTs no IPFS não estão armazenados on-chain. Na verdade, eles estão mais protegidos porque o IPFS é à prova do que chamamos de censorship-resistant, ou seja, nenhuma autoridade central tem o poder de desligá-lo – ao contrário de hospedagens centralizadas.

Assim, antes de criar sua própria coleção de NFTs, observe e estude as melhores opções para que seu projeto aproveite o melhor do mundo descentralizado.

 

Quer se preparar para a próxima revolução da Web?

Conheça Todos os Nossos Cursos de Web3 e Metaverso.

curso web3 e metaverso nft blockchain smart contract cases go digital factory

Ana Wadovski

Web3, Metaverso, Inovação e Transformação Digital

Jornalista brasileira vivendo em Lisboa, especialista em Digital Business, com foco em Transformação Digital e Futurismo. Tecnologia, para mim, é palavra feminina. Quero estar dentro dos debates sobre o impacto da tecnologia na vida das pessoas e das empresas, contribuindo para desenhar um futuro melhor para todos.

Postagens relacionadas

Ativos Digitais

Royalties de NFT

Royalties de NFT. Os NFTs estão no mainstream do mundo digital. Artistas e criadores de conteúdo estão encontrando nesses tokens vantagens financeiras únicas, mesmo quando

veja mais »

Assine nossa Newsletter

Receba toda semana as notícias mais interessantes sobre Inovação, Transformação Digital e Futurismo, cuidadosamente selecionadas por nós.

Toda segunda-feira às 6h de la matina.