LogoColors

Como fazer e-Commerce em Portugal?

Como fazer e-Commerce em Portugal? O e-Commerce em Portugal sofreu uma forte aceleração depois do lockdown durante a pandemia de Covid. O consumidor português que estava habituado a fazer suas compras de maneira física, mas precisou recorrer ao e-Commerce para ter acesso a produtos. O impulso neste tipo de comércio digital aumentou o número de lojas online, presença em marketplaces e implementação de delivery nas plataformas de entrega como Glovo e Ubereats.

 

Neste artigo de Como fazer e-Commerce em Portugal, você verá:

  • Como está o mercado de e-Commerce em Portugal
  • Setores mais fortes de e-Commerce em Portugal
  • Quem é o consumidor médio do e-Commerce em Portugal

 

Agora, um relatório recente da ecommmerDB Country Report apresenta um novo recorte do consumidor médio português. Para quem deseja Empreender em Portugal, o e-Commerce é uma excelente oportunidade para internacionalizar os negócios para a Europa de maneira digital.

 

Como fazer e-Commerce em Portugal internacionalização começar e-Commerce

 

 

 

Como está o mercado de e-Commerce em Portugal

A média de compras online na União Européia beira os 72% da população. Embora Portugal esteja abaixo nesta média européia, o crescimento de 2018 de 49% para cerca de 57% em 2002 apresenta uma mudança significativa no comportamento do consumidor médio português. Os dados foram recolhidos pela ACEPI – Associação da Economia Digital.

As Pequenas e Médias empresas que representam a maior parte do ecossistema empresarial de Portugal estão com mais presença online chegando aos 60%. No relatório do ano anterior da ACEPI, o número total de empresas com presença online era 40%. Além do mais, o valor médio das compras feitas pelos portugueses subiu bastante, passando de 90,24€ para 112,73€.

Os portugueses apontaram também algumas preferências pelas lojas estrangeiras. As preferências do consumidor de Portugal indicam em primeiro ligar AliExpress seguido por eBay, Amazon, FNAC, Worten, Continente, La Redoute e Wook.

 

Setores mais fortes de e-Commerce em Portugal

Alguns mercados em Portugal já possuem mais maturidade digital no seu comércio online e puxaram a média para cima.

Veja quais são:

  • Roupas e Calçados
  • Turismo
  • Comércio Eletrônico (computadores, consoles, telefones, etc)

Um dos destaques do setor foram as lojas esportivas que tiveram um aumento de 1500% em abril.

 

 

Como fazer e-Commerce em Portugal internacionalização começar e-Commerce

 

Quem é o consumidor médio do e-Commerce em Portugal

De acordo com o estudo, o consumidor médio português está bem distribuído pelas categorias analisadas. Um ponto interessante é que a renda familiar não influencia muito a decisão para compras online. Ou seja, a fatia de compras de cada renda familiar – baixa, média e alta – representa cerca de 30% em cada.

 

Homens x Mulheres

A distribuição de gênero também apresenta grande equilíbrio de maneira que as mulheres representam 51% dos compradores. Vale lembrar que a população feminina em Portugal é maior que a de homens.

 

Faixa Etária

A população ativa em Portugal foi considerada entre os 18 e os 64 anos. A faixa etária que mais realiza compras é entre os 35 e os 44 anos, a qual representa 26% do total.

O menor percentual de compradores – 14% e 15% – estão nas faixa etárias de 18 a 24 anos e 55 a 64 anos. O grupo mais velho é normalmente mais desconfiado em relação às compras digitais e, possivelmente, prefere compras em lojas físicas do que apostar no e-Commerce em Portugal.

 

Meio de Pagamento e Acesso para e-Commerce em Portugal

Os pagamentos por referência Multibanco ainda dominam a maior parte das operações pela facilidade e rapidez de processamento. Em relação aos meios de acesso do e-Commerce em Portugal, os portugueses preferem ainda o computador com 43%. Compras pelos smartphone representaram apenas 33%.

Em relação aos marketplaces e lojas online, o consumidor médio português prefere os sites das lojas com 79%, enquanto os marketplaces ficaram com 60%.

No entanto, o cenário futuro para compras em marketplaces devem mudar radicalmente devido ao apelo das redes sociais com a sua diversidade de produtos e as possibilidades de entretenimento e vendas com o live commerce.

 

Ana Wadovski

Web3, Metaverso, Inovação e Transformação Digital

Jornalista brasileira vivendo em Lisboa, especialista em Digital Business, com foco em Transformação Digital e Futurismo. Tecnologia, para mim, é palavra feminina. Quero estar dentro dos debates sobre o impacto da tecnologia na vida das pessoas e das empresas, contribuindo para desenhar um futuro melhor para todos.

Postagens relacionadas

Conexão BR PT

Nomadismo Digital e a Web3

No podcast Amanhã Já Foi, entrevistamos o Gonçalo Hall, CEO da NomadX e único português presente na lista das 25 personalidades mais influentes do trabalho

veja mais »
Calendário Eventos Maio 2022 | Conexão BR•PT
Conexão BR PT

Calendário Eventos Maio 2022

Acompanhe o nosso Calendário Eventos Maio 2022 com as oportunidades em eventos, congressos, feiras e webinars no eixo Brasil – Portugal. Assim, você vai aprender

veja mais »

Assine nossa Newsletter

Receba toda semana as notícias mais interessantes sobre Inovação, Transformação Digital e Futurismo, cuidadosamente selecionadas por nós.

Toda segunda-feira às 6h de la matina.